Sobre este blog

Criei este blog para compartilhar algumas reflexões em desenvolvimento. Certamente, os posts contêm uma série de lapsos e deslizes. Se ler, provavelmente, você estará perdendo seu tempo. Mas agradeço se puder me ajudar a corrigir as falhas que perceber. Eu não respondo a todos os comentários por minha própria falta de tempo. Mas leio todos. Aprovo para publicação todos que sejam escritos com educação e civilidade. Mais uma coisa. Ao longo do tempo, meus posts serão contraditórios uns com relação aos outros. Se você vir em mim uma aliada ou uma adversária intelectual, isso pode durar pouco. Eu não paro de pensar, logo, mudo muito de ideia…

Anúncios

Um pensamento sobre “Sobre este blog

  1. Prezada Dra. Andrea Faggion,

    Tenho lido e relido seu excelente trabalho intitulado “O imperativo Categórico como realização da necessidade lógica da razão” que encontrei por um feliz acaso.

    Sou formado em Direito e, não obstante o fato de exercer uma ocupação extremamente técnica na esfera extrajudicial há cerca 18 anos, faço da leitura dos textos de filosofia clássica e filosofia do direito um hábito permanente já de longa data, a fim de permear a análise técnica atrelada a um critério prudencial, por assim dizer.

    Neste sentido gostaria de saber se seria possível obter de sua parte referências bibliográficas, quer sobre aspectos internos do tema relacionado ao imperativo categórico e, ainda, saber se há aqui em Campinas algum grupo de estudos sobre Kant.

    Tenho comigo a Crítica da Razão Pura e a Metafísica dos Costumes, esta uma publicação da Calouste Gulbenkian. Todavia, me ressinto de não ter uma orientação adequada à compreensão da complexidade do sistema Kantiano de filosofia.

    Motivado por uma compreensão maior do imperativo categórico, propósito da leitura de seu primoroso e bem elaborado trabalho, iniciei também a leitura da Fundamentação da Metafísica dos Costumes (Editora 70).

    Creio que a compreensão em profundidade do conceito do imperativo categórico de Kant pode me ajudar não só nas escolhas e compreensão dos fatos da vida como também fazer deste interlocutor um jurista “para melhor”.

    Mas, cá em segredo, o que trouxe o tema à superfície dos meus estudos foi o fato de ter assistido ao filme de Woody Allen (Homem Irracional).

    Descobri só agora seu blog. É ótimo.

    Atenciosamente,

    Josenias A. Belo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s